Faço cinquenta e meus filhos estão entrando no mercado de trabalho!


Recebo uma mensagem aflita de uma amiga, “Preciso muito falar com você!! É sobre minha filha !”


Retorno rapidamente pensando em alguma tragédia o que de fato era, mas somente para mães atentas. A moça, estudante universitária, havia feito sua primeira entrevista de emprego e segundo a mãe ela deu “todas as respostas erradas”. Se você está se reconhecendo como essa mãe ou pai, você não é o único, Analisando melhor o assunto e entendendo quais a perguntas foram feitas na tal entrevista, não é bem assim, tudo errado.


A verdade é que as respostas eram erradas para a geração hoje na faixa dos cinquenta anos e ainda acreditava que teria um só emprego e que “vestir a camisa” era o melhor a fazer.

Hoje não só ter um único emprego perdeu o sentido como a maioria terá mais de uma carreira e saber gerir a própria carreira é uma das competências mais necessárias a sobrevivência.


Este binômio: Faço cinquenta e meus filhos estão entrando no mercado de trabalho tem sido uma grande dificuldade. Os pais atordoados com suas próprias carreiras e as mudanças do mercado e estão sendo “devolvidos” pelas empresas para se reinventarem. Nada do que sabem sobre a trajetória profissional pode ser muito útil na orientação dos filhos diante da mudança abissal que ocorreu na forma de trabalho e nas nos últimos dez anos.


Ao invés de tentar responder as perguntas da entrevista dos filhos, ensine a autoconfiança, reitere valores importantes que, com certeza, foram ensinados como ético, honestidade, transparências. Reforce a importância de ser ele mesmo com bom senso e sem medo. Esta é a melhor orientação possível, todo o resto terá que ser vivido po este jovem profissional e reinventado para aqueles que pós cinquenta precisam, querem e podem continuar no mercado.


Reinventar-se pode ser mais fácil se você participar dos passos trilhados pelos mais novos para a busca de alternativas.


Você vai se surpreender com o que existe por aí e como as alternativas se multiplicaram para quem não esta pensando somente naquele modelo de emprego que existiu nos últimos todos anos.

É uma sorte poder acompanhar o inicio da carreira de um jovem portanto inspire-se você que tem cinquenta, mas ainda há uma grande jornada a cumprir. Vamos lá?



Sobre autora

Monica Barg - Especialista em Desenvolvimento Humano, coach com formação em Psicologia Positiva, Orientação Profissional e Psicanalise. Sou membro da ICF-RJ.

Atuei por 29 anos na área de desenvolvimento de negócios, gestão de processos e pessoas, atendimento ao cliente, marketing, estruturação e treinamento de equipes comercias onde adquiri experiência em Gestão Empresarial e Relacionamento com clientes corporativos e C-Level. Alio a experiência corporativa à atuação como psicanalista e orientadora de carreira usando a capacidade de observação do cotidiano para o entendimento da necessidade do outro estabelecendo, de forma objetiva, o processo de gestão de pessoas e talentos. CONTATO: monicabarg.coaching@gmail.com

© 2019 * Site desenvolvido por thalita.maiani@gmail.com

Créditos

images (4).jpeg